PREFEITURA DE
LARANJAL DO JARI
Laranjal tempo de reconstruir

Menu


Caminhada Contra Abuso Sexual Contra Criança e Adolescentes

Publicado em 18 de maio de 2017 por Dalton Pacheco.

A Secretaria de Assistência Social através dos projetos do Serviço de Convivência,  Centro de Referência Especializado em Assistência Social – CREAS, Renascer, Projeto Anjo da Guarda, CRAS e o Conselho Tutelar aderiram à campanha nacional e somaram força na grande caminhada alusiva ao Dia Nacional de Combate a exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes ”FAÇA BONITO”, que aconteceu na manhã desta quinta (18) coordenada pela associação REAJA, com objetivo de chamar a atenção da sociedade para o grande problema, dando à devida importância a prevenção e ao combate.

Logo cedo começou a aglomeração lá no bairro Centro no porto da balsa partindo às oito horas pela Avenida Tancredo Neves rumo a Praça João Neri da Silva no bairro do Agreste, reunindo crianças e adolescentes participantes dos projetos, alunos e educadores da rede pública e privada, idosos, profissionais atuantes na associação e projetos sociais e outros mais. Conduziram faixas, placas, cartazes, todos em um só objetivo de advertir, conscientizar, para que a sociedade reaja em favor dessas crianças e adolescentes que sofrem esse tipo de violência. Uma caminhada de advertência, não de comemoração. Uma das frases utilizadas nos cartazes “Exploração sexual: silêncio é cumplicidade, vamos combater este crime em nossa cidade – disque 100”.

A associação REAJA é a articulação de atores, organizações e forças existentes no território para uma ação conjunta com responsabilidade compartilhada e negociada objetivando ações eficientes de enfrentamento contra a exploração e ao abuso sexual contra criança e adolescentes.

Durante a caminhada, crianças, adultos e idosos demonstraram amor a todas as vítimas desses crimes. Uma lição que merece se copiada e espalhada por todo o Vale do Jari. Combate

“O esse dia foi escolhido como data nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, porque em 18 de maio de 1973, Araceli Cabrera Sanches, foi vítima de um crime que chocou o país. Ela tinha apenas oito anos de idade quando foi sequestrada, estuprada e morta. O seu corpo, desfigurado por ácido, apareceu em uma movimentada Rua de Vitória, Espírito Santo. O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes busca manter viva a memória nacional, reafirmando a responsabilidade da sociedade brasileira em garantir os direitos de todas as crianças.”

Assessoria de Comunicação – ASCOM
Contato: ascompmlj@gmail.com
“Tempo de Reconstruir”
Fique por dentro
de nossas ações
nas redes sociais.

Lei Orgânica Municipal
Baixe a Lei Orgânica.

Fale Conosco
Contate a administração.

Nota Fiscal Eletrônica
Agilidade para sua empresa.