Portal do Governo Brasileiro

União é a palavra de ordem para desenvolvimento a educação municipal


Ontem dia 24/10, terça-feira, foi realizada, na Praça Central João da Silva Nery em Laranjal do Jari, a primeira audiência pública do Projeto MPEDUC, Projeto Ministério Público Pela Educação, que contou com a participação da prefeitura, câmara municipal de vereadores, secretaria municipal de educação, professores e diretores das rede municipal e estadual de ensino, presidentes de conselhos de educação, alunos e sociedade civil organizada.

Justamente ontem, na mesma data da audiência, foi celebrado o dia internacional das ONU (Organização das Nações Unidas).
Em substituição a antiga Liga das Nações criada em 1919 no Pós Primeira Guerra Mundial, a ONU surgiu em 1945 com o objetivo de evitar novas guerras e resolver os conflitos internacionais por meio da diplomacia.
Um dos principais objetivos da ONU é: eliminar a pobreza, a exclusão social e o analfabetismo, sendo que estes indicadores de vulnerabilidade social estão relacionados ao tema educação em todos os sentidos.

De acordo com o PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), o Brasil tem 12,9 milhões de analfabetos dentre outros parâmetros que nos mostra a extrema necessidade de mobilizarmos toda a sociedade para melhorar a educação.
De 23 a 03 de novembro estará sendo aplicada nas turmas de 5º ano e 8ª série na rede de ensino, a Prova Brasil para aferir o Ideb, justamente um dos motivos pelo qual o projeto Mpeduc vem mobilizando os atores sociais que trabalham com educação em Laranjal do Jari, para debater publicamente o setor e também mostrar o trabalho que já vem sendo feito pela prefeitura, secretaria municipal de educação e diretores das escolas para elevar os indicadores da qualidade da educação ofertada às nossas crianças.

Afora os problemas atravessados pela educação no Jari nos últimos anos, ficam as reflexões: todos estamos cumprindo bem nosso papel para a educação dar certo? Conhecemos a atual realidade na qual se encontra o sistema municipal de ensino? O que podemos fazer para ajudar?
Como versa o provérbio chinês:
“Se quiser colher a curto prazo, plante cereais.
Se quiser colher a longo prazo, plante árvores.
Mas, se quiser colher para sempre, eduque crianças”.

Prefeitura de Laranjal do Jari: “Tempo de reconstruir com um sistema de ensino humanizado”.