sexta, 13 de maio de 2022 - 09:57h - 1289
Escolas amapaenses levam projetos ambientais e empreendedores para Congresso Internacional de Educação, em São Paulo
Os projetos “Plante-me e Descubra Quem Sou!”, da Escola Santa Maria e “Espetáculo Circo Almirante da Alegria”, da Almirante Barroso, irão representar o Amapá.
Por: Bárbara Ribeiro
Foto: Divulgação/ Ascom Seed
Professoras vencem etapa estadual e vão em busca do prêmio final na etapa nacional do prêmio Sebrae de Educação Empreendedora.

Duas escolas amapaenses levam projetos ambientais e empreendedores para concorrer ao prêmio do Sebrae de Educação Empreendedora, entre os dias 10 e 13 de maio, em São Paulo. O prêmio faz parte do Congresso Internacional de Educação Bett Educar 2022.

O Amapá é representado pelas escolas estaduais Santa Maria, de Macapá, com o projeto “Plante-me e Descubra Quem Sou!” e “Espetáculo Circo Almirante da Alegria”, da Almirante Barroso, de Santana.

“Plante-me e Descubra Quem Sou!”

Idealizado pela professora Valda Barros, que também é coordenadora da Horta Amigos Da Natureza, o projeto nasceu em 2020 durante a pandemia, com o intuito de ministrar aulas a distância interdisciplinar, com foco no empreendedorismo, criatividade e protagonismo.

O projeto foi dividido em três etapas: pesquisa, produção de adubo e plantio. A educadora distribuiu sementes variadas aos alunos, com os dizeres “Plante-me descubra quem sou!”. Após isso, eles receberam uma videoaula para aprender a fazer sementeiras em cascas de ovos e o plantio.

Segundo Valda, o sucesso do projeto não seria possível sem a colaboração de outros professores e também do empenho dos estudantes e seus familiares no processo.

“Pedi a outros professores que trabalhassem em suas disciplinas assuntos referentes à importância das plantas ou ensinando o passo a passo de criação de horta, o que foi muito importante para o entendimento dos estudantes na tarefa, junto com o apoio familiar”, relatou a professora.


“Espetáculo Circo Almirante da Alegria”

Surgiu com as aulas de Artes e Educação Física, das professoras Pábula Nataely e Legiane Brandão. Elas apostaram no talento artístico e criatividade dos estudantes, que recriaram os espetáculos como “A Gata dos Saltimbancos” e “A Turma do Chaves”. Pábula acredita que a vontade dos estudantes em fazer acontecer, foi o verdadeiro diferencial do projeto.


“Eles foram fantásticos, totalmente empreendedores e protagonistas de todas as ações, eu apenas direcionei e mostrei que eles podem sim sonhar”, disse Pábula.


Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora

O prêmio é uma iniciativa do Programa Nacional de Educação Empreendedora, promovido pelo Sebrae, que reconhece e valoriza práticas criativas e inovadoras nas escolas, com foco em desenvolver competências empreendedoras em alunos e professores. A iniciativa já impactou 7 milhões de estudantes, por meio da capacitação de 270 mil professores. A premiação acontece nas etapas estadual, regional e nacional.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá